terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Finalmente: os temidos metais

Enquanto não resolvemos os problemas de marcenaria e tentando contar sobre algo mais animador, vamos falar de metais.

Desde que começamos, fomos muito assustados com a informação de que os metais são a maior surpresa da obra,  que ninguém planeja gastar muito e, quando chega a hora, acaba saindo uma fortuna... é verdade, mas é possível minimizar o problema.

Eu e Eduardo sempre concordamos que não iríamos gastar muito com metais, que a gente não liga tanto pra isso e que poderíamos tranqüilamente optar por modelos de boa qualidade, mas mais em conta possível. O incrível, no caso dos metais, é que uma simples torneira, da mesma marca (Deca pra usar a melhor) pode custar de R$150 até R$2.000 simplesmente por uma diferença de design, sem nenhuma alteração de qualidade, tamanho, material.

E lá fomos nós, começar a entender e escolher os nossos. A primeira questão é a marca, lá no início da obra, quando estávamos comprando material de hidráulica, nos perguntaram se queríamos os misturadores (o que controla água quente e fria) Deca, Fabrimar ou de outra marca. Usamos a estratégia de sempre se seguir a marca mais conceituada e conhecida como melhor, escolhemos Deca. Pois bem, saibam que, ao escolher os misturadores de uma marca, as "torneiras" destes devem seguir esta marca. Por exemplo, os misturadores das torneiras do box e da banheira já estão colocados e são Deca, logo, o acabamento daquelas torneiras precisa ser Deca e, logicamente, o modelo destes acabamentos (torneiras) precisa ser o mesmo das torneciras da pia e da ducha higiênica e de algum registro que fique aparente... já deu pra entender, né? Vamos de Deca pra tudo então!
Nesse momento já perdemos a opção de modelos bonitos e bem mais em conta da Fabrimar, por exemplo.

Fomos para os modelos da Deca, primeiro vamos aos tipos que não foram aprovados:

Minha mãe gosta desse estilo, nós não gostamos nem um pouco!
Consenso geral: ninguém gosta.
Feio e nada prático
Muito bonita e está super na moda,
mas nossos banheiros não combinam com formas quadradas
Mais quadrada ainda, apesar de bonita


Agora, depois de eliminadas esses e outros seguindo os mesmos motivos, ficamos entre os seguintes modelos (para o banheiro da suíte):

                                           





















Parece simples, parece tudo muito igual, mas não é! A linha Duna foi descartada por ser 3 vezes mais cara do que as outras. Gostamos da Izy e tinha um bom preço, maaaas ela muito baixa, teríamos apenas 18 cm de distancia da bica da torneira até o fundo da cuba. Pesquisando mais achamos a Sky que, além de mais bonita (e mais cara), é mais alta, dá uns 24cm de distância até o fundo da cuba. Parece bobagem, né? mas quando você começa a reparar nas pias por aí e ensaiar, vê que faz a maior diferença. Resultado, fechamos a linha Sky pro banheiro da suíte todo.

O chuveiro, escolhemos o Aquaplus por indicação de vendedores: garantiram que é O Melhor em termos de pressão de água. Sei que não é o mais bonito e classudo, mas quem aí prefere beleza a banho gostoso?
Ducha higiênica
Chuveiro Aquaplus - de teto
Acabamento de registro (ou seja: torneiras)

Deca Balance 5 Jatos - de parede
Para o banheirinho, escolhemos um chuveiro de parede que não é tão forte quanto o Aquaplus, mas tem opção de 5 tipos de jatos diferentes (desde ducha até quase nebulizadores), achei interessante. Eduardo diz que vai quebrar no primeiro ano, mas ele acha isso de tudo!









A torneira da pia só terá água fria e precisava ser alta porque a cuba é de apoio, ou seja, a Deca só dá duas opções:

 

Escolhemos a inclinadinha (primeira foto). Para o resto do banheiro, depois de muito pensar, decidimos acompanhar o modelo. Apesar de não ser lindo, acho que encaixa bem com o formato redondo do box e tinha um preço bom (o que compensou a escolha da linha Sky pra suíte):

 

Ufa! O que ficou faltando? A cozinha!
Lembram da linha Izy? pois bem, foi o melhor custo benefício:

Juntando tudo, fizemos um estudo na Amoedo e deu uma fortuna (na Leroy nem se fala!), como bem havíamos sido avisados...
Entrei, com todo meu espirito orçamentista (que em muitos momentos da obra não tem condições de aparecer), busquei alguns lugares e achei o Shopping Frei Caneca que tinha todos os nossos produtos e um preço entre 10% e 20% mais barato.
Outra coisa que barateou um bocado foi a troca do modelo dos registros que ficam escondidos em armários ou áreas de serviço pelo modelinho mais básico (que é cerca de 6 vezes mais barato).

Pronto, depois de visita em umas três lojas, dois dias de pesquisa e uma planilha de excel: Tudo resolvido!
Apesar dos pesares e da fortuninha que foi (sempre é), acho que foi um dos itens mais tranqüilamente resolvidos.

P.S.- mais uma coisa que não deixo nunca mais de observar na casa das pessoas... e mesmo bares e restaurantes!



Nenhum comentário:

Postar um comentário